Espera-se que receba a aprovação final hoje, uma mudança significativa na legislação da UE. Nunca houve tanta legitimidade para denunciar, diz a WhistleB, o provedor de serviços de denúncia global com sede na Suécia.

De acordo com a nova lei, pela primeira vez, as empresas com 50 ou mais funcionários serão obrigadas a fornecer canais internos para que as pessoas denunciem a má conduta. A lei também protege os funcionários e outras pessoas contra a retaliação quando denunciarem má conduta, como corrupção e segurança do produto.

“Uma maior proteção aos denunciantes é bem-vinda. As empresas têm tudo a ganhar ao descobrir a má conduta mais cedo e administrá-la preventivamente, profissionalmente e internamente. Mas sabemos que elas podem fazer mais para proteger seus negócios”, diz Gunilla Hadders, cofundadora da WhistleB.

Por exemplo, a Pesquisa anual 2019 com clientes da WhistleB mostra que 50% dos relatos recebidos pelos clientes são sobre corrupção ou assédio. No entanto, a nova lei não protege aqueles que denunciam assédio. “O assédio afeta diariamente muitas pessoas e locais de trabalho, de forma que os líderes das empresas devem deixar claro que informar assédio vai ajudar a tornar o local de trabalho mais seguro”, diz Karin Henriksson, outra cofundadora da WhistleB.

A nova diretiva estabelece que os canais de denúncia devem manter a identidade do denunciante em sigilo. “A experiência mostra claramente que o anonimato é um fator decisivo para incentivar as pessoas a se manifestarem. É essencial para investigações corretas e eficazes. Por esta razão, se buscam a excelência nos processos de denúncia, as empresas devem permitir relatos e diálogos anônimos. O anonimato continua sendo a maneira mais eficaz de proteção aos denunciantes”, explica Gunilla Hadders.

 

Contato:

Gunilla Hadders, Fundadora e Sócia da WhistleB, Whistleblowing Centre
Tel. +46 (0) 70 214 88 73, Email gunilla.hadders@whistleb.com

Sobre a WhistleB

A WhistleB é uma prestadora europeia de serviços de denúncia de irregularidades e especialista em ética e conformidade nos negócios. Atualmente, o sistema WhistleB é usado em mais de 150 países, incluindo todos os países da UE.

How can I help you?
+

Hi,

Please, fill in the form, and we will get back to you shortly by e-mail.

Thank you for getting in touch. We will get back to you as soon as we can (during office hours Central European Time).